Star Wars: The Clone Wars - Primeira Temporada

Terminei de ver a primeira temporada, e seguem aqui os meus comentários sobre algumas observações que fiz sobre as cenas de batalha do desenho.


O desenho é muito bom, mantém o espírito de Star Wars e os fãs devem ter gostado muito dele, eu me incluo nisso. Mas ele acentua um pouco um defeito que sempre achei que Star Wars tinha, os roteiristas não têm nenhum cuidado com as batalhas. Sempre parece um tiroteio sem fim, desordenado e algumas vezes sem sentido algum, e eu vejo que isso é pra dar destaque aos Jedi, que sempre salvam o dia. Aí vão dizer: mas é Star Wars, o que queremos ver é justamente as espadas de luz cortando tudo que puderem. Mas eu digo que isso podia ser dessa maneira, mesmo se atentando aos detalhes das batalhas e elaborando mais as estórias.

Os Separatistas têm um exército de robôs, admito que foi uma grande sacada do Lucas. Os inimigos sendo máquinas ele diminui muito a censura, também foi uma grande sacada os clones usarem armaduras, pois sem sangue também diminui o problema com a censura. Mas eles “gastaram” milhões em créditos em robôs com uma inteligência artificial péssima. Não há nenhuma cena em que eles apareçam que você não fique com uma impressão de que eles são todos idiotas. Um personagem dando um alívio cômico é uma coisa, mas um exército inteiro fazendo isso fica difícil de engolir.

Isso se acentua mais quando você compara a inteligência desses robôs com o R2-D2 ou com o C3PO. Se esses dois são possíveis, o programa dos robôs de combate podia ser melhor. Alguns dirão: ok, a empresa que fez a inteligência artificial é ruim e o programa que eles fizeram também. Mas justamente por ser um software essa inteligência artificial poderia ser aprimorada e novos modelos de robôs construídos. Alguém até pode argumentar: é assim porque o imperador quer, porque ele nunca quis que os separatistas ganhassem a guerra. Eu contra argumento: Os generais dele que querem ganhar a guerra e não sabem dos seus verdadeiros planos deveriam perceber isso, alias o Grevious já se deu conta e no momento que ele perceber que nada é feito pra melhorar seus soldados, ele deveria chegar a conclusão óbvia de que o imperador não deseja ganhar a guerra.

O lado da República também é muito problemático, a relação entre os clones e os Jedi é contradiz totalmente o que os Jedi pregam, que toda a vida é preciosa e coisa e tal, pois os clones são tratados como descartáveis, da mesma maneira que se eles fossem robôs. Alem de mandá-los constantemente pra missões e táticas suicidas, os clones são constantemente deixados pelos seus generais Jedi que entram em qualquer outro tipo de missão abandonando seus liderados à desordem e a confusão. Chegou ao cúmulo de numa missão eles entrarem na nave salvarem a Mestre Jedi e abandonarem os clones à morte, ao invés de montarem uma missão de resgate onde o objetivo seria salvar o máximo de gente possível.

Os próprios clones também não ajudam, eles vão constantemente para as batalhas sem se proteger de peito aberto, de pé se tornando alvos fáceis, trajando armaduras que parecem frágeis, pois você os vê o tempo todo sendo surrados por oponentes de mãos nuas. É difícil de acreditar! As coisas têm que evoluir, os próprios Jedi têm que aprender com seus erros, um general tem que liderar e se deixar o posto, tem que delegar pra alguém essa tarefa.

As não vou comentar aqui que as batalhas no espaço, pois o único seriado que isso foi bem feito foi em Babylon 5. Basta dizer que eles não usam as formações e as naves atiram umas nas outras como se fosse um tiroteio entre os clones e os robôs.

Sendo enfático, eu não quero que Star Wars ou qualquer outra série em que comento esse tipo de coisa se torne um documentário sobre guerras. Mas se o roteirista se baseia em batalhas para fazer a sua estória ele tem que fazer o trabalho de casa e pensar um pouquinho.

Entretanto o desenvolvimento dos personagens, os cenários, as naves, os dilemas e o espírito de aventura sempre presentes em Star Wars estão lá. Como disse no artigo anterior, não acho que qualquer série com atores reais consiga superar ou igualar isso. Não vai ter a liberdade criativa que o desenho tem, justamente por ser um desenho.

E você o que achou da primeira temporada?

Últimos Comentários

Guest - Ogro
Fala, Chança!!!! Gostei do texto... Essa é uma das poucas estórias do Super que eu curto. Um grand...
Imaginava que Batman e Superman ganharia vários prêmios. Desanimei completamente de escrever uma res...
Também tive dificuldade de escrever essa resenha sem estragar as surpresas que o filme traz. Levei u...
Bom que você tenha escrito essa resenha. Eu fiquei pensando nela a muito tempo porque é um daqueles ...

Login