SGU está de volta.

Heroes Vol. 4

Próxima sexta feira dia 2 de abril, SGU volta a ser exibida no canal SyFy.

A segunda parte da primeira temporada continua a partir dos eventos do surpreendente episódio Justice. Confesso que a minha espectativa para a continuação da temporada é grande. Acho que o próximo episódio pode não ser tão bom quanto Justice, mas acho que a segunda metade da primeira temporada tem um grande potencial. Vamos esperar para ver.

E vocês estão assistindo? Estão gostando Comentem!

Leave your comments

Post comment as a guest

0

People in this conversation

Load Previous Comments
  • Guest - Armus

    Meh

    Like 0 Short URL:
  • Guest - Wadson Kosh Dias

    É...
    Espero que o seriado melhore e atraia o público americano, senão... mais uma séria scifi vai ser cancelada...
    Ontem eu estava imaginando vários defeixos para The 4400. Tinha muita coisa legal para explorar.
    Tomara que não aconteça com SGU.

    Aliás, Armus, a filha do presidente não é filha do presidente, e sim do Senador!!! Eu já tinha te contado isso? :o)
    Mas o objetivo foi atrair um publico mais jovem (leia-se mais tarados) ao seriado. "êta apelação dusdiabo, sô! essiscara num sabiscrevê istória boanão?!?! (como dira os matutos de Minas)"

    Like 0 Short URL:
  • Guest - Wadson Kosh Dias

    Sei que o Armus vai me criticar... mas alguém tem a legenda do episódio? Tentei ver sem legenda (porque o lengendas.tv está fora do ar) mas está difícil. Não sabia que meu inglês estava tão ruim... :o(

    Like 0 Short URL:
  • Guest - Chanceller Martok (Alexandro Paulo)

    Finalmente arrumei um tempo e vi o primeiro episódio da segunda metade de SGU 1x11 Space. A cada episódio eu lamento o potencial que Voyager poderia ter caso abordasse um pouco mais os conflitos pessoais de sua tripulação em suas duas primeiras temporadas. Claro isso não deveria ser feito de forma tão densa quanto SGU está fazendo, mas alguns arcos de história deveriam ser criados sobre isso e teriam enriquecido a serie.

    Voltando ao foco, o episódio foi sensacional, o 1x10 ainda é o meu preferido, mas este continuou muito bem os eventos ocorridos em Justice.

    Alem de introduzir uma nova raça alienígena que provavelmente serão os novos inimigos da Terra, introduziu um elemento de conflito entre os personagens principais, e nos deixou claro que há dois lados lutando pelo poder dentro da Destiny.

    Infelizmente ouvi alguns comentários sobre o episódio dizendo que ele não empolgou muito que foi cheio de clichês. Uma pena, porque as vezes um roteiro é bom justamente porque ele nos leva exatamente onde esperamos que ele nos leve. Todas as cenas e o enredo foram para nos mostrar que está havendo uma luta por poder na nave, isso que Justice e Space queriam nos mostrar. Fiquei mais empolgado ainda para ver os próximos episódios.

    O que mais gostei foi nova reviravolta no seriado, e finalmente um personagem desde o inicio obscuro, toma finalmente uma posição clara e mostra algumas de suas intenções. Sem mencionar a nova raça alienígena, que realmente é alienígena e tornou as coisas bem interessantes. Tenho certeza que ouviremos mais sobre eles.

    Like 0 Short URL:
  • Guest - Chanceller Martok (Alexandro Paulo)

    Mais um episódio eletrizante. Eu pensava que o clima de conspiração fosse durar mais tempo. Agora os dois lados terão que conviver com uma clara separação, e tentar lidar com a situação delicada que vai ficar após os eventos desse episódio. Como disse antes os alienígenas apenas serviram para dar a sustentação, os motivos que levariam à separação.

    SGU depende muito do Rush pra funcionar, mas esses três últimos episódios deram muita força para o Cel Young e para a Camille Wray. Estou gostando muito desses dois personagens.

    Como infelizmente toda série tem que apelar pelo menos um pouquinho, estão dando mais espaço para a militar padrão americano de beleza, pra atrair um outro tipo de publico para a série, sinceramente espero que fique só nisso, ou que deem uma função real e interessante para a personagem como foi feito com a Seven of Nine de Voyager.

    Mais um ótimo episódio. Estou doido para ver o próximo!

    Like 0 Short URL:
  • Guest - Chanceller Martok (Alexandro Paulo)

    Esse episódio foi diferente do que eu esperava. Talvez porque os três últimos foram bem tensos, esperava que o clima de tensão seguisse. Continuou a linha do seriado ser mais focado nos personagens e nos conflitos e espectativas deles. Apesar do que os detratores possam dizer foi um bom episódio e com algumas surpresas. Eles tocaram num assunto que tinha que ser tocado acerca de algumas pessoas quererem deixar a nave, e mais um item de conflito foi introduzido. Confesso que fiquei surpreso, achava que isso ia acontcer cedo ou tarde, mas com outra pessoa.

    Comment last edited on about 8 years ago by Chanceller Martok (Alexandro Paulo)
    Like 0 Short URL:
  • Guest - Chanceller Martok (Alexandro Paulo)

    Finalmente os roteiristas resolveram nos mostrar mais e desenvolver o personagem mais importante da série, O Dr Nicolas Rush. A forma que escolheram pra fazer isso foi diferente dos outros, e mesmo não sendo uma idéia totalmente original, foi bem feita e bem executada. Ele foi mais humanizado e tivemos acesso a várias coisas do personagem nos mostram o porque dele agir como ele age.

    Gostei muito do episódio, embora eu tenha terminado com aquela sensação de perda. Espero que os conflitos agora comecem a se atenuar e os personagens passem a conviver como uma "tripulação". A não ser que haja uma reviravolta, espero um Nicolas Rush mais conciliador, mas confesso que estava gostando do clima de tensão entre os personagens e as dificuldades que eles têm por não terem o controle da nave. Espero que quando a os roteristas reverterem a situação criada no final do episódio, não detonem a credibilidade da série nem nos faça perder o interesse por ela.

    Em tempo: Mais um sinal de que os roteiristas ainda estão buscando um espaço para a Chloe. Espero que consigam, pois a personagem está muito perdida.

    Like 0 Short URL:
  • Guest - Chanceller Martok (Alexandro Paulo)

    Mais um episódio interessante. Volto a repetir, estou gostando muito do rumo que a série está tomando. Finalmente mais alguns cenários diferentes. A cada fim de episódio você fica com aquela sensação de quero mais.

    Mais um personagem tem o seu passado revelado, o sargento Geer. Ajudou muito a entender a personalidade dele e a forma como ele pensa e como ele age. Dos personagens principais ele era o único que faltava ser desenvolvido. Espero que esse tipo de coisa continue na série também com os personagens secundários e que renda boas histórias.

    O sequestro da cloe está finalmente rendendo bons frutos, e o personagem começa ater alguma utilidade. Espero que isso seja bem dosado para não soar falso.

    O coronel Young está agora com um sério problema nas mãos. Vamos ver como ele se sai. Dependendo do que fizer pode sair com a liderança mais abalada do que antes.

    Já estou doido pra ver o próximo episódio. Agora faltam 5 pra terminar a temporada, depois só la pra outubro.

    Like 0 Short URL:
  • Guest - Chanceller Martok (Alexandro Paulo)

    Mais um grande episódio. Os roteiristas conseguiram manter um bom clima de ação e tensão, e ainda sim conseguiram espaço para desenvolver os personagens. Rush é o maior destaque, soubemos mais sobre o passado e a pessoa dele, deu mais verossimilhança ainda ao personagem. A Camile teve um papel importante na trama, mesmo não aparecendo tanto quanto o Rush, as experiências que teve devem ter deixado grandes marcas na personagem. Cresce também o personagem da Tenente James, vamos ver que rumo vão dar a ela agora com a volta do Scott.

    As vezes as soluções mais simples são as melhores, talvez se inventassem uma explicação mirabolante para a volta do Scott e dos outros não ficaria tão legal, mas ainda acho que a volta dos três poderia ter um impacto e um destaque emocional maior do que teve. Em tempo, espero que não seja a última vez que vimos os alienígenas azuis.

    Like 0 Short URL:
  • Guest - Chanceller Martok (Alexandro Paulo)

    A princípio eu pensei que não tinha nada a comentar sobre esse episódio, pois apesar de bom, ele usou vários elementos presentes em séries anteriores por isso não achei que ele tinha muito a acrescentar. Mas o estalo veio quando eu lembrei da cena em que os personagens falavam um para o outro o que sofreram, e nitidamente vemos a cara de desconforto da tenente James. O espectador já tinha uma boa idéia dos medos e fantasmas de alguns personagens, mas agora os personagens sabem os medos uns dos outros. Ficar exposto e mostrar suas fraquezas é bastante desconfortável, e pode render estórias interessantes, isso pode uni-los, piorar ou gerar alguns conflitos, espero que isso não seja esquecido.

    Like 0 Short URL:

Últimos Comentários

Guest - Romildo lima
Li e Recomendo. simplesmente Alexey rickmann nos mostra que temos grandes potencia na literatura Nac...
Mesmo no novo endereço, que você citou, a loja não existe mais. Conversando com o dono, ele disse qu...
Guest - Leonardo
Na verdade eles se mudaram para este endereço: 33 Avenida Treze de Maio 20031-007 Rio de Janeiro S...
Guest - Karla Lopez
Eu gostei o filme. Lembro dos seus papeis iniciais, em comparação com os seus filmes atuais, e vejo ...
Guest - Ogro
Fala, Chança!!!! Gostei do texto... Essa é uma das poucas estórias do Super que eu curto. Um grand...

Login