Mangá Claymore

Estou passando por uma crise criativa sem precedentes, mais um mês sem escrever nada. Certo, houve o carnaval e depois as minhas férias do trabalho, mas não é por isso. É que eu estou sendo consumido por esse mangá. Simplesmente não consigo parar de ler.

Para variar me foi apresentado por um amigo. Totalmente fora dos padrões do site. Não é algo de ficção científica, tem mais a ver com super-heróis embora se passe num mundo medieval. Novamente os japoneses se superando.

Escrito e ilustrado por Norihiro Yagi, Claymore conta a história de uma menina que se tornou uma guerreira depois de vários traumas que sofreu em sua infância. E aí é o ponto chave do mangá, você se envolve com o desenvolvimento psicológico das personagens, seus medos, traumas e vontades. Afeiçoa-se a elas e abraça a sua causa. Isso é tão envolvente que é extremamente fácil fazer vista grossa para alguns exageros e mentiradas que acontecem. Fazer o que? Todo enredo de ficção tem suas mentiras, mas aqui pelo menos o autor não trai as suas próprias regras, coisa muito comum nos quadrinhos americanos feitos a 500 mãos.

Soube também recentemente que esse mangá teve uma publicação em terras tupiniquins. Lamentei muito não saber disso antes. Teria com certeza comprado as revistas, lido e relido. Existe também um anime, comecei a assisti-lo antes de ler o mangá. Não resisti e estou avançando nos dois quase juntos. Aconselho quem puder procurar pelo anime primeiro e depois ler o mangá, que é melhor que o anime e te dá uma compreensão muito maior do que está acontecendo.

Adorei isso!! Estou até tendo dificuldades de dormir pensando no que vai acontecer. Isso também se deve ao meu amigo que fica o tempo todo me instigando. Não pensei que fosse gostar tanto!!

Leave your comments

Post comment as a guest

0
  • Todo mundo que conheço só tece elogios para esse mangá. Eu perdi a publicação nas bancas mas é possível comprar tudo pelo site da JBC (além das interwebs, claro.). Você tocou num ponto interessante, pois também penso que é sempre menos decepcionante ver primeiro o anime. Tá na minha lista de próximos desenhos. ;)

    Like 0 Short URL:
  • Não diria decepcionante, mas como o mangá tem muito mais riqueza de detalhes, você fica menos motivado a ver o anime depois que leu o mangá, pois sempre falta um detalhe ou outro que a produção do anime deixa de lado para cortar custos.

    Like 0 Short URL:
  • Realmente esse mangá é uma daquelas surpresas. Me lembro que quando li, era um dos que mais me interessava. Não só o background é muito bom, quanto a construção dos personagens é muito bem elaborada, o que já é uma característica mais comum em mangás dos que nos outros quadrinhos. Ele fora publicado aqui pela PANINI COMICS e saiu até o numero 26, mas não vai ser fácil achar os numero mais antigos, porque já se esgotaram. Uma das coisas que chama a atenção logo de cara é o próprio nome do mangá, já que Claymore é a espada que o grupo das mulheres usa.

    Já o anime eu nunca assisti. Uma das coisas que acontece quanto a isso no Japão é que os animes dificilmente são escritos pelos autores do mangá, então nem sempre eles seguem a mesma história, o que leva a argumentos tão diferentes que parece que não é a mesma história. E nem sempre isso fica bom. Então não me empolgo tanto em procurar assistir o anime depois de ler...

    Comment last edited on about 2 years ago by Findreans ( Eduardo Castelhano )
    Like 0 Short URL:
  • Guest - Ogro

    Chanceler.... É EXCELENTE!!!!

    Kallyan puro!

    Like 0 Short URL:
  • ehehehehehe sabia que era a sua cara!! Começou pelo manga ou pelo anime?

    Like 0 Short URL:
  • Guest - Ogro

    Comecei pelo mangá...
    Gostei do traço... Simples, básico... Muito bom...
    Li somente o nº 1... Mas foi uma excelente introdução...
    Lerei mais hoje à noite... :-)

    Like 0 Short URL:

Últimos Comentários

Guest - Romildo lima
Li e Recomendo. simplesmente Alexey rickmann nos mostra que temos grandes potencia na literatura Nac...
Mesmo no novo endereço, que você citou, a loja não existe mais. Conversando com o dono, ele disse qu...
Guest - Leonardo
Na verdade eles se mudaram para este endereço: 33 Avenida Treze de Maio 20031-007 Rio de Janeiro S...
Guest - Karla Lopez
Eu gostei o filme. Lembro dos seus papeis iniciais, em comparação com os seus filmes atuais, e vejo ...
Guest - Ogro
Fala, Chança!!!! Gostei do texto... Essa é uma das poucas estórias do Super que eu curto. Um grand...

Login