Resenha de livro : O LIVRO DOS SITH de Daniel Wallace

 

livro dos sith capaLivro obrigatório para os fãs da franquia e recomendado para aqueles curiosos em conhecer alguns dos conceitos dos Siths.

 

 

Ao longo de sete mil anos a ordem dos Sith fora sendo moldada e modificada por lideres que tinham ideias e conhecimentos diferentes sobre como os Siths deveriam dominar o universo. Alguns destes escreveram suas ideias e pelos séculos esses escritos foram passando de mãos em mãos. Partes dos textos foram sendo perdidas e os fragmentos restantes foram reunidos em um único livro pelo Lorde Sidious/Palpatine terminando com ninguém menos que Luke Skywalker.

 

 

O livro na realidade deveria se chamar a “bíblia dos Sith” por se tratar de uma reunião de livros, daqueles que Palpatine teria considerado os grandes lideres dos Sith do passado, na qual ele imaginou que poderia tirar proveito do conhecimento incluso nestes livros e que não cometeria os mesmos erros que aqueles cometeram.

 Os livros são dos seguintes autores : Sorzus Syn, Darth Malgus, Darth Bane, Mãe Talzin e Darth Plagueis. Também inclui escritos do próprio Lorde Sidious.

 Sorzus Syn fora uma Jedi Negra banida da ordem e o seus escritos estavam sendo guardados pelos Jedis.

 Darth Malgus era um soldado de um dos Imperadores Sith a trinta e seis séculos atrás de Palpatine conseguir seus textos, e este ultimo passou o livro para Darth Vader.

 Darth Bane fora o fundador da ordem dos Siths e o criador do conceito da Regra dos Dois. O livro passou a fazer parte dos Arquivos Sith e fora sendo passado de geração a geração dos Sith entre mestres e aprendizes. Conde Dookan teria apresentado o livro para o Jedi Quinlan Vos, procurando trazê-lo para o lado negro, porem fracassando na tentativa.

 Poder Selvagem, talvez seja o livro mais incomum na lista porque não fora escrito por um Sith e sim, por uma mulher líder de um grupo que também lida com o lado negro da força, as Nightsisters.

 Elas servem mercenários para qualquer um que pague. Uma nightsister chamada Asajj Ventress teria servido ao Conde Dookan até que Palpatine a dispensou. O livro fora recuperado por um dos Inquisitores do Imperador.

 Darth Plagueis fora o mestre de Palpatine, assim suas pesquisas procuravam relacionar a Força a biologia. O livro passou diretamente a Palpatine quando este ocupou o lugar do outro e se apoderou de seus pertences.

 O livro dos Sith termina com os escritos do próprio Palpatine chamados O Livro da Raiva, A Fraqueza dos Inferiores e A Manipulação da Vida.

livro dos sith 01

Exemplo de Poder Selvagem o livro de Mãe Talzin ( na edição americana ).

 O livro fora encadernado em capa dura, com um material que simula couro com e escritos e desenhos em baixo relevo. Cada livro fora escrito com fontes diferentes, molduras diferentes e até o formato das páginas diferentes. Cada um dos livros contem comentários nas páginas por terem passado nas mãos de vários dos personagens, alguns bastante conhecidos para aqueles que assistiram os filmes.

 O interessante deste livro é que cada personagem tem um conceito e um ponto de vista a respeito da força e do uso da mesma. Os comentários deixam claro esta diferença, inclusive contendo os maneirismos da fala de cada um, como por exemplo a fala do Yoda. O texto aparece escrito do mesmo modo que ele fala. Como Luke Skywalker seria o ultimo a ter o livro em mãos, ele é um dos personagens que tece comentários em todas as partes do livro. O Outro é Palpatine, que chega até a comentar a parte na qual ele mesmo escreveu antes, demonstrando que algumas de suas ideias mudaram conforme o tempo.

 Alguns conceitos da ambientação dos filmes estão espalhados por estas páginas entre os textos e os comentários, inclusive alguns até incomuns, como por exemplo a separação da Força por tipos e as diferentes classificações de Siths do passado.

 O primeiro livro, o de Sorzus Syn, tem o formato de diário e começa com a narração do encontro com aqueles que foram chamados de “os verdadeiros siths” ou os Sith Puro-sangue, após o banimento dos Jedis negros após uma guerra de mil anos. Sorzus Syn era uma alquimista criadora de armas vivas.

 Há a descrição de armamentos, amuletos, poderes, criaturas, efeitos da força, estrutura de organização, criaturas e alquimia.

 Esse livro esteve nas mãos de Yoda e Mace Windu, logo há comentários destes neste livro.

 A borda é irregular com faixa lateral preta com desenhos vermelhos.

 O segundo livro é um fragmento do diário de campanha de Darth Malgus e fala principalmente de combate. Esse livro cita muitos equipamentos e veiculos dos Sith de antigamente e é possível verificar a semelhança com os atuais. Como Palpatine teria passado esse livro para Darth Vader há comentários do mesmo nas páginas. O interessante deste livro é que, como é apenas um fragmento, ele inicia no meio de um texto e acaba antes de terminar outro. Pode-se ver neste livro que até entre os Siths a politica influencia as tomadas de decisão e pode afetar o andamento de uma guerra.

 Esse não tem moldura nas páginas e nem alteração nas bordas. As folhas contem um reticulado de fundo.

livro dos sith 02

Exemplo do livro de Sorzus Syn. Notem os comentarios na página a direita.

 O terceiro livro é o que demonstra os conceitos por trás da formulação da ordem dos Stih. Acreditando que as ideias utilizadas pelos antigos Imperadores e Lordes Sith conduzia inevitavelmente a derrota para os jedis, Darth Bane mudou toda a organização dos Sith para a centralização do poder em poucas pessoas, ao invés de exércitos numerosos. Assim surgiu a regra dos dois, na qual um lorde Sith tem apenas um aprendiz. Este livro talvez seja o livro que contem os conceitos na qual o fã esteja mais familiarizado, pois fala desde da utilização do titulo de Darth, das armaduras Siths, dos sabre de luz e bastão de luz, combates com sabres de luz, combates usando os poderes do lado negro, com todos os poderes que já apareceram nos filmes e jogos.

 Um detalhe notório deste livro é que ele teria passado nas mãos de Conde Dookan e depois pelas mãos de Quinlan Vos, porem destes dois somente o ultimo escreveu comentários no livro. Este livro tem moldura em toda a página com a borda com pontas.

 O quarto livro se chama Poder Selvagem e fora escrito por Mãe Talzin que é uma lider de uma tribo chamada de As Irmãs da Noite ( as Nightsisters ). Este grupo tem uma característica de manipular a Força sem distinguir entre Força e Lado Negro. Chamando tudo apenas de magia. Essa tribo é basicamente formada por mulheres, apesar de existir alguns poucos homens entre elas, de mercenários e trabalha para quem pagar pelos seus serviços. Conde Dookan teria como assistente uma Irmã da Noite, que é justamente quem escreveu comentários no livro: Ventress. O visual de pinturas faciais é uma das características que são visíveis neste livro. As laterais deste livro são curvas e ele contem detalhes em vermelho nas pontas.

 O livro seguinte fora escrito pelo mestre de Palpatine, Darth Plagueis e talvez deve ser o livro mais polemico de todos porque ele trata de um dos assuntos que causou a maior polemica dos novos filmes da franquia, mais precisamente no filme A Ameaça Fantasma : Os midi-chlorians.

 Darth Plagueis teria sido um estudioso da força através de seu aspecto físico, ou seja, tirando o foco do lado mistico que é a visão comum dentro da ambientação. Assim ele tratou de investigar através de experimentação cientifica, o que levou a volta dos midi-chlorians pois os mesmos influenciam a força. Como não houve no filme uma explicação mais detalhada, apenas umas poucas frases sobre este assunto, então aqui neste livro o fãs poderão ter uma explicação melhor do que são e como aqueles afetam a força. Também há a classificação dos diferentes aspectos da força e como estas se relacionam. Este livro parece mais com folhas de caderno com um reticulado de fundo.

 O ultimo livro que seria na realidade três livros, são os escritos de Palpatine sobre o como ele vê a atuação dos Siths. Cada um dos livros individualmente tem tão pouco texto em cada um que fica até difícil de considerá-los livros em separado. Estes tem um visual mais atualizado, com as páginas em formato tradicional com molduras desenhadas.

 No geral este livro trás algumas ideias para os escritores de fan fictions, jogadores e mestres de RPG e para os curiosos na ambientação da STAR WARS. Ele tem bastante imagens dos designs da ambientação e a ideia dos formatos de páginas e fontes é muito bem sacada. Os fãs com certeza gostarão do resultado.

 Porém não é para aqueles que procuram uma literatura mais aprofundada da franquia.

 

 

 

Leave your comments

Post comment as a guest

0

People in this conversation

  • Eu quase comprei esse livro. Tinha uma promoção dele nas Americanas, mas eu desisti depois de ver o teaser e lembrar que os produtores iriam ignorar todo o material de apoio feito. Achei que ia ser um desperdício.

    Entretanto ao ler sua resenha essa vontade reascendeu. Vou esperar pela próxima promoção.

    Like 0 Short URL:

Últimos Comentários

Guest - Romildo lima
Li e Recomendo. simplesmente Alexey rickmann nos mostra que temos grandes potencia na literatura Nac...
Mesmo no novo endereço, que você citou, a loja não existe mais. Conversando com o dono, ele disse qu...
Guest - Leonardo
Na verdade eles se mudaram para este endereço: 33 Avenida Treze de Maio 20031-007 Rio de Janeiro S...
Guest - Karla Lopez
Eu gostei o filme. Lembro dos seus papeis iniciais, em comparação com os seus filmes atuais, e vejo ...
Guest - Ogro
Fala, Chança!!!! Gostei do texto... Essa é uma das poucas estórias do Super que eu curto. Um grand...

Login