O que houve com os desenhos na TV aberta?

Olá galera, já começo o ano criando uma polêmica! É impressionante, enquanto alguns canais da TV aberta optaram por não passar mais desenhos animados, lá fora o mercado de desenhos animados ainda continua bem fértil. Apesar de encontrarmos algumas pérolas horríveis, também somos presenteados com algumas produções de altíssima qualidade. Eu gostaria de saber, as gerações mais novas não assistem mais TV no Brasil? A internet e os bate papos acabaram mesmo com a audiência infanto-juvenil na TV? Tem tantos desenhos ótimos passando lá fora e nem os canais a cabo trazem mais esses programas pra cá?

Star Wars The Clone Wars é um desenho ótimo, e traz o espírito da saga dos Jedis em toda sua plenitude, com novos personagens e novos dilemas. A sensacional saga dos irmãos Elric já comentada aqui, um dos roteiros mais legais que ja ví, não podia estar fora da nossas manhãs ou tardes, principalmente nessa época de férias.

Uchuu Senkan Yamato 2199, que de tudo que eu vi esse ano foi o que mais me surpreendeu, porque eu esperava que tudo fosse mudado que as premissas originais fossem ignoradas e tudo fosse refeito, mas numa justa homenagem a série está sendo restaurada, mantendo seu roteiro original com mais personagens principais e de apoio, com o seu retumbante tema principal retornando, mantendo algumas músicas da trilha original e inserindo novas com o destaque para o novo tema dos Gamilons que eu achei tão marcante quanto à famosa Marcha Imperial.

E o que dizer dos desenhos antigos? Eles não mereciam reprises? Tenho certeza que essa nova geração também gostaria de ThunderCats, Transformers, He-Man, A Turma, Mash, Herculóides, Cavalo de Fogo, Pupples, Ursinhos Carinhosos... Claro marmanjos, eu não posso deixar as meninas de lado e todos sabemos que elas gostam de tipos de desenho bem diferentes. Reprises não seriam mais baratas? Por que esses e outros desenhos estão sumindo? Porque o público infanto-juvenil está sendo tão desprezado? Justiça seja feita, pra esse público só o SBT tem tido alguma consideração. Mas e os outros?

Leave your comments

Post comment as a guest

0
  • Guest - Ogro (Creso)

    Chanceler... Acredito que o problema é uma mudança de comportamento das famílias (pelo menos as de classe média)... As crianças hoje ficam em creches, Onde a programação da TV é basicamente sobre DVD\'s infantis (XSPBnn, Backyardgans, etc.) ou (em alguns casos) em TV a Cabo...
    Portanto não há crianças em casa para assistir os desenhos, elas estão concentradas em creches, o que diminui o acesso de patrocinadores para o horário...
    Entretanto, mesmo que raro seja, ainda temos as donas de casa e empregadas domésticas que assistem programas de (in)utilidades, por exemplo, Ana Maria Brega (não entendo a audiência dessa plastificada...) e outras similares...

    Acho que é isso...

    Abração do Ogro!

    Like 0 Short URL:
  • Guest - Renato de Paula

    VIVA O CHAVES !!!!! \\o/

    Like 0 Short URL:
  • Cara, acho que a maioria das mães do Brasil, não tem condição de pagar creches para seus filhos, provavelmente eles acabam ficando com os parentes. O que nos leva a uma outra questão, talvez essas pessoas monopolizem a TV com outros programas. Mas suponhamos que eles como você falou, utilizem esses DVDs de programas que eu costumo chamar de babás eletrônicas. Mas qual seria a alternativa, já que os programas infantis na TV aberta estão acabando? Acho que esses DVDs são um efeito da mudança na programação e não o contrário.

    Comment last edited on about 3 years ago by Chanceller Martok (Alexandro Paulo)
    Like 0 Short URL:
  • Guest - Ogro (Creso)

    Chanceler,

    Muitas das comunidades carentes, hoje, possuem creches comunitárias... Não tenho uma estatística que mostre o percentual de abrangência deste tipo de instituição, mas sei que existem... por isso comentei... É claro que não acredito que sejam de primeiro mundo, possuem deficiências... Eu mesmo já participei de atividades beneficentes em uma dessas instituições na região da Vila da Penha, aqui no Rio de Janeiro...

    Abração do Ogro!

    Like 0 Short URL:
  • Me parece que a questão envolve dois lados :
    - Os canais estão perdendo audiência do pessoal infantil.
    - \"Os patrocinadores\" ( leia-se anunciantes aqui ) estão ficando escassos.

    O motivo principal deve ser o segundo, pois são eles que sustentam a existência dos programas. Sem o interesse destes e, com isso, a entrada de dinheiro na emissora, ela vai buscar outras possibilidades que atraiam outros anunciantes, logo substituir os programas.
    O porque da fuga dos patrocinadores deve ter alguma relação com o primeiro motivo. Se a emissora não consegue demonstrar que está tendo publico, os anunciantes não veem justificativa para investir naquele horário. Também pode ser motivado por uma questão financeira generalizada ( também conhecido como crise ). Se a situação aperta deve-se economizar em algum lugar.

    Agora, a identificação do porque da queda da audiência é a parte mais complexa. Creio que a massificação dos canais de assinatura tem uma influencia nisso. Existem canais infantis que tem programação o dia inteiro e se for analisado friamente, até entre eles existem uma diferença na faixa de idade do publico-alvo de cada um. Pode-se verificar que existe canal para uma faixa de idade bem mais nova, com desenhos com temática mais simples e tem aqueles já voltados para uma faixa de idade um pouco mais avançada ( considerando na faixa abaixo dos 14 anos ).
    Os DVDs podem até influenciar nisso, mas creio que são produzidos em sua maioria para a faixa mais nova. O pessoal um pouco mais acima não tem muitas opções sendo produzidas, salvo aquelas que são especificas ( series de animações, não programas ou produções criadas ).

    Like 0 Short URL:
  • Uma grande parte do público infantil acabou migrando pra Internet mesmo. Eu conheço crianças que se viram e assistem desenhos, seja americano ou anime ou wathever, em sites e blogs bem bacanas. Realmente as emissoras parecem estar em modus operandi \"nem aí\" pra essa nova geração. Parece que quando a Globo ainda tinha algo de desenho pela manhã, a Record batia a audiência com programação voltado à público \"feminino\" (em aspas aqui para não esquecer que muito menino curte programas do gênero), daí mudaram tudo em quase todos os canais e ficou tudo igual na TV, o que acabou sendo um convite pra qualquer criança ou jovem se retirar e largar de vez a tv, indo baixar qualquer coisa melhor na Internet.

    Conclusão: A TV, do jeito como existe hoje, está fadada à extinção, mesmo que isso demore algum tempo. Let´s celebrate!! haha

    Like 0 Short URL:

Últimos Comentários

Guest - Romildo lima
Li e Recomendo. simplesmente Alexey rickmann nos mostra que temos grandes potencia na literatura Nac...
Mesmo no novo endereço, que você citou, a loja não existe mais. Conversando com o dono, ele disse qu...
Guest - Leonardo
Na verdade eles se mudaram para este endereço: 33 Avenida Treze de Maio 20031-007 Rio de Janeiro S...
Guest - Karla Lopez
Eu gostei o filme. Lembro dos seus papeis iniciais, em comparação com os seus filmes atuais, e vejo ...
Guest - Ogro
Fala, Chança!!!! Gostei do texto... Essa é uma das poucas estórias do Super que eu curto. Um grand...

Login