Resenha de filme : SUCKERPUNCH - MUNDO SURREAL

suckerpunch cartazUm filme que decreta uma assinatura de trabalho e acaba misturando muita coisa, porem fica sem uma identidade própria. Na tentativa de agradar muitos não ficou definido quem queria agradar afinal.

 

Começa a historia com uma morte. Uma mulher morre e deixa duas filhas e o marido. Este homem recebe a noticia de que as filhas herdariam o dinheiro da mulher. Ele em um momento resolve atacar a filha mais velha, mas ela resiste. Percebendo que não conseguiria nada com ela sem muita resistência, ele a tranca em um quarto e vai para atacar a filha mais nova. A mais velha sai pela janela, pega em uma arma e para salvar sua irmã, confronta o homem, acaba disparando e acidentalmente atingindo a sua irmã.

 

 

suckerpunch 02

 

 

Aproveitando da situação o homem consegue fazer com que a mulher seja internada em uma instituição psiquiátrica chamada Instituto Lennox. Lá a doutora responsável utilizaencenações teatrais como forma de terapia. Ao chegar o enfermeiro chefe oferece a ele uma solução para o problema dele em troca de um pagamento : Falsificar a assinatura da doutora para colocar ela na lista de operação de lobotomia, que o medico faria após cinco dias.

Neste tempo de internação, o filme muda de uma instituição psiquiátrica para um cabaré e a recém chegada, passa a ser uma órfã entregue por um padre ( que seria o padastro dela, o tal homem do inicio da historia ) para o dono do cabaré ( o enfermeiro ) e ela ficaria junta das outras mulheres que dançam no cabaré comandadas pela chefe das mulheres ( a doutora ). Quando a recém chegada que passa a ser chamada de Babydoll começa a dançar, ela se vê em outro lugar, em uma realidade própria em que ela encontra um homem que lhe entrega armas e lhe diz que para conseguir escapar de seu destino no cabaré ( que seria a chegada de um homem daqui a cinco dias ), ela deverá conseguir obter cinco coisas : um mapa, fogo, uma faca e uma chave. O quinto item ela deverá descobrir por ela mesma, no momento certo. Percebendo que a dança dela consegue colocar as pessoas em uma espécie de transe, ela tenta convencer as outras dançarinas ( as internas ) a lhe ajudarem a obter os itens para que todas possam escapar, utilizando a dança como distração e em cada vez lutando em uma realidade alternativa.

 

suckerpunch 01


 

A historia parece muito estranha, por causa das mudanças de realidade, mas ao se assistir não existe esse problema, principalmente porque o diretor optou por uma mudança de visual entre cada uma das realidades : No inicio do filme, a parte que envolve a instituição psiquiátrica é bem fosca, a parte do cabaré é colorida e a realidade dentro das danças é ABSURDAMENTE colorida, quem assiste consegue diferenciar as três.

O diretor é o mesmo dos filmes “300 de Esparta” e do filme Watchmen, conforme fora anunciado e isso é muito visível no filme, pois ele criou uma estética que virou uma assinatura própria: um exagero de closes, distorções de imagem e principalmente alterações na velocidade da imagem ( leia-se uma quantidade surreal de câmeras lentas aqui e algumas acelerações, com uma trilha sonora que entra em um índice de decibéis de deixar quem medir o mesmo arrepiado ), se o leitor assistiu algum dos outros dois filmes sabe do que estou falando.

A sacada seria que as coisas em todas as realidades são intercaladas, logo os eventos de uma delas se reflete na outra. É uma espécie de metáfora embutida em outra metáfora.

 

suckerpunch 03

 

 

Neste sentido não teria muito problema, o problema mesmo do filme está justamente na realidade fantasiosa em que Babydoll se vê quando dança. Na tentativa de agradar todos os tipos de públicos, o diretor ( digo diretor aqui, porque neste caso ele também é o criador da idéia ) misturou um monte de gêneros juntos. Ele colocou um pouco de cultura japonesa, terror, um pouco de fantasia e um pouco de scifi e um monte de cruzamentos nisso tudo, de maneira que mais parece um anime criado por alguém que usou muitas drogas. Parece que queria agradar quem gosta desses gêneros todos de uma vez só, mas no final acaba mais desagradando, pois não trás uma identidade própria a historia e no final todo o texto proferido no inicio e no final da historia pela personagem principal se perde completamente, pois o foco sai completamente da realidade do hospício, pois tudo no filme fica centrado na imaginação.

Com certeza o filme vai ter uma legião de fãs que vão ficar maravilhados pela ação e visual, mas não será um filme que será memorável. Uma pena.

 

 

Últimos Comentários

Guest - Ogro
Fala, Chança!!!! Gostei do texto... Essa é uma das poucas estórias do Super que eu curto. Um grand...
Imaginava que Batman e Superman ganharia vários prêmios. Desanimei completamente de escrever uma res...
Também tive dificuldade de escrever essa resenha sem estragar as surpresas que o filme traz. Levei u...
Bom que você tenha escrito essa resenha. Eu fiquei pensando nela a muito tempo porque é um daqueles ...

Login