Resenha de filme : BATTLESHIP - A BATALHA DOS MARES

 

battleship cartazO que podemos esperar de um filme que é baseado em um jogo, que nem historia tem?

No inicio do filme temos uma transmissão de sinal enviada para um sistema planetário distante, como um meio de tentar uma comunicação com possíveis alienígenas.

Depois o filme mostra Alex que é um cara que não leva nada a serio. Seu irmão mais velho é militar da marinha e tenta convencê-lo a tomar um rumo na vida, apesar das negativas do mesmo. Durante uma noite em um bar, Alex encontra uma mulher muito bonita e para conseguir impressioná-la acaba invadindo um mercado e fica encrencado por causa disso. Para evitar encarar uma cadeia, Alex acaba entrando para a marinha.

Passam três anos no filme e Alex, agora tenente na marinha, é o exemplo de militar que é o terror dos comandantes: Chega atrasado aos eventos, não segue padrões e regulamentos e arruma encrenca com outros oficiais. Alem de tudo, aquela mulher é sua atual namorada e coincidentemente é filha do almirante da marinha que, por motivos óbvios, não vai com a cara dele e está pensando em transferi-lo para os fuzileiros.

A marinha americana está com uma esquadra na costa do Japão para exercícios militares em conjunto com a marinha japonesa. Durante os movimentos do exercício, vários objetos aparecem no espaço descendo na Terra e na descida um deles acaba colidindo com um satélite e cai na China. Os outros descem próximos de onde está ocorrendo aquele exercício.

Alguns dos militares conseguem visualizar algo na água, porem os equipamentos não conseguem detectar. Achando que aquilo faz parte do exercício, um pequeno bote de reconhecimento vai para junto da estrutura, então repentinamente ela começa a se mover e dela saem alguns veículos alienígenas. Um campo de força acaba isolando três das embarcações e os veículos começam a atacar as mesmas. Duas delas acabam sendo destruídas naquele momento e o irmão de Alex acaba sendo morto. Seguindo a cadeia de comando, Alex passa a ser o comandante da embarcação que sobrou e cai sobre ele a missão de combater os aliens.

Enquanto isso ocorre, a namorada de Alex, que faz um trabalho de fisioterapia junto a militares deficientes, está em uma montanha junto a um veterano que usa próteses nas pernas e eles veem o desembarque dos alienígenas aonde eles estão e resolvem investigar a invasão naquele lugar.

 

battleship 01
Calma querida, eu prometo que serei fiel...

 

Vamos ao aviso tradicional : AVISO, possíveis spoilers abaixo.

Dado o aviso vamos lá.

A Hasbro, fabricante dos brinquedos que deram origem ao filme dos Transformers, também fabrica a versão eletrônica do jogo Batalha Naval, que se chama Battlefield lá nos Estados Unidos. E sabe-se lá o porque esta resolveu fazer uma versão cinematográfica do jogo, obviamente aproveitando depois para lançar todos os tipos de brinquedos, jogos e etc. baseados nesta franquia. Agora vem o questionamento, o jogo nem historia tem, então o que diacho tem haver o jogo com o filme?

Bem...

Tem navios... :)

Para não dizer que não há nada haver, há um momento no filme que é EXATAMENTE o jogo, quando eles decidem fazer um ataque usando coordenadas e disparando misseis. Show.

O filme tem alienígenas invadindo a Terra como sempre, mas eu estava pensando antes de assistir o filme: Como os alienígenas poderiam combater em igualdade com os terráqueos, quando eles têm como arma aquela serra circular absurdamente poderosa enquanto os terráqueos iriam combater dentro de navios, que todos sabem, é um alvo praticamente parado. Obviamente os terráqueos levariam uma surra descomunal. Isso chega a acontecer, mas para conseguir colocar uma situação de igualdade, a tecnologia alienígena é bizarramente convencional. Para começar os ataques são a tal serra citada acima e um sistema de morteiros que não tem nada de inovador, a não ser a potencia.

 

battlefield 02

 

 

Os próprios alienígenas não tem nada de especial, apenas uma armadura pesada e um sistema de arma branca, mas fora isso, o resto é incompreensível: Os caras conseguem erguer um escudo protetor quilométrico, mas não tem nada para proteger suas naves e nem as tropas de infantaria. As naves de ataque se movimentam pulando. Espera? Pulando? O que?!!!!! Fora que de alguma maneira estranha eles ignoram alguém se o mesmo não demonstrar agressividade. Outra demonstração bizarra de tecnologia é o detalhe deles trombarem com um satélite ao entrar na atmosfera... Como assim? Até se analisarmos a estrategia inicial dos alienígenas, ela não faz o menor sentido. Enviar um pequeno grupo antes para depois mandar o resto?

Saindo dos alienígenas, a parte dos humanos é difícil de engolir. Como um cara todo errado na vida militar em três anos chega a tenente? Se a marinha americana é assim, eles estão perdidos. Ou talvez o problema é que eu não entendo de marinha americana.

 

battlefield 03

 

 

 

Se a historia não é o forte do filme, há o destaque da trilha sonora. O design das naves é bem interessante, porem os dos alienígenas não tem nada de especial. Os efeitos especiais são competentes e bem realizados. O filme tem bastante ação e explosões e a aplicação de estrategia feita pelo personagem principal junto a um oficial japonês é muito bem sacada e poderia ter salvado o argumento do filme se não fosse incoerente com o background do personagem principal.

 

É mais um filme que é um bom passatempo e tem a Rihana no elenco... Não vai se enquadrar em nada alem disso, mas também, não podiamos esperar muito de um filme baseado em um jogo sem historia, provavelmente mais focado em vender produtos.

 

Imagem bonus :

 

battlefield 04
A versão eletronica do jogo... e eu jogava com aqueles bloquinhos de papel... :/

 

 

Leave your comments

Post comment as a guest

0
  • No comments found

Últimos Comentários

Guest - Romildo lima
Li e Recomendo. simplesmente Alexey rickmann nos mostra que temos grandes potencia na literatura Nac...
Mesmo no novo endereço, que você citou, a loja não existe mais. Conversando com o dono, ele disse qu...
Guest - Leonardo
Na verdade eles se mudaram para este endereço: 33 Avenida Treze de Maio 20031-007 Rio de Janeiro S...
Guest - Karla Lopez
Eu gostei o filme. Lembro dos seus papeis iniciais, em comparação com os seus filmes atuais, e vejo ...
Guest - Ogro
Fala, Chança!!!! Gostei do texto... Essa é uma das poucas estórias do Super que eu curto. Um grand...

Login