Resenha de filme : SUPER 8

super 8 cartazParece que os filmes que são produzidos pelo Spielberg, mesmo não tendo sido escritos e nem dirigidos pelo próprio sempre tem um estilo próprio, que se tornou marca do cara.

 

Este filme não é diferente disso.

Em uma fabrica, um acidente em uma fabrica mata uma mulher, após isso, o filho dela passa a ter que viver com o pai que é policial da cidade e na qual não tinha muito convívio. Após esse preludio, no ano de 1967, nesta cidade pequena do interior dos EUA, chamada de Lilian, um grupo de garotos está gravando um filme utilizando uma câmera de Super 8 ( uma câmera pequena que grava em um rolo bem pequeno de filme, sem som. Que alguns mais empolgados por cinema gostam da imagem que ela faz justamente porque é muito granulada e com cores muito chapadas, ou seja, cores muito foscas ) incluindo o garoto filho do policial que se chama Joel. Eles estão fazendo um filme de zumbis para participar de um concurso e conseguiram convencer uma garota a participar do filme, garota essa que é de interesse de Joel. Durante uma das gravações realizada na estação de trem da cidade, o mesmo surge e os garotos resolvem aproveitar a passagem do mesmo para incluir no filme. Durante a passagem, uma pickup surge vindo em sentido contrario do trem nos trilhos e atinge este causando um grande descarrilhamento, seguido de explosão. O acidente destrói praticamente todo o trem inteiro, espalhando muito da carga do mesmo. Os garotos reconhecem o motorista da pickup como um professor de biologia da escola aonde estudam e o mesmo sobrevive ao acidente. Quando começam a aparecer os militares no local, os garotos fogem levando quase todo o equipamento que estavam usando e um cubo metálico diferente que era parte da carga do trem.

 

super 8
 

 

Após esse acidente os militares passam a frequentar a cidade e estranhos acontecimentos passam a causar distúrbios nos moradores da cidade, tais como desaparecimentos, todos os cachorros da cidade fugirem e muitos objetos serem roubados misteriosamente.

 

super 8 02
 

 

 

Conforme coloquei lá no topo da resenha, quem já conhece os filmes do Spielberg, sabe que há alguns elementos que são decorrentes na historia. Sempre que tem garotos no filme, já sabemos que sempre vai aparecer a questão familiar não resolvida e neste filme não é diferente. Isso mesmo sendo escrito e dirigido pelo J.J. Abrams, que dirigiu o filme mais recente do Star Trek. O filme tem varias historias paralelas de vários personagens e todos têm um background bem definido e demonstrado no filme. O filme acabou ficando com uma aparência de filme mais antigo, daqueles que nós da faixa de 30 a 40 anos assistimos muito durante nossa juventude.

 

Tem momentos de ação que são daqueles que fariam o diretor John Woo sorrir de tanta alegria. A cena do acidente do trem é de um exagero surreal por exemplo. Mas a sensação de familiaridade é grande justamente pelo fato de que a marca dos filmes do Spielberg é visível em toda a parte deste filme.

 

cartaz 03
 

 

 

Sinto que filme não vai agradar a todos mais pelo fato de que o mesmo tem essa levada e visual mais antigo, um jeitão tipico de vários outros filmes, coisa que se tornou muito incomum hoje em dia e que o publico talvez não veja mais com bons olhos essas historias de garotos e problemas de família mal resolvidos.

 

É uma pena, pois o filme merece ser assistido, mesmo por aqueles que não são da minha faixa etária.

Últimos Comentários

Guest - Ogro
Fala, Chança!!!! Gostei do texto... Essa é uma das poucas estórias do Super que eu curto. Um grand...
Imaginava que Batman e Superman ganharia vários prêmios. Desanimei completamente de escrever uma res...
Também tive dificuldade de escrever essa resenha sem estragar as surpresas que o filme traz. Levei u...
Bom que você tenha escrito essa resenha. Eu fiquei pensando nela a muito tempo porque é um daqueles ...

Login